CheckOK - Verificação Eletrônica de Crédito


São Paulo 11/02/2015




 
Notícias





Você Sabia que nós temos a solução para te auxiliar na concessão de crédito às pessoas físicas e jurídicas por meio de cheques?


Utilizando as consultas do Grupo Cheques é possível evitar o recebimento de cheques fraudulentos e de pessoas com histórico de sustação ou devolução de cheques, tornando assim a operação muito mais segura e confiável para a empresa.


  Consulta Ok Mix Total a Melhor consulta de crédito do mercado




 
 
 
 photo 05_zps102b7d7e.jpg



Devolução de cheques sem fundos tem maior nível desde 2009


Foram devolvidos 15 milhões de cheques em 2014, ou 2,04% do total. Na contramão, São Paulo teve menor percentual dos últimos cinco anos





O percentual de cheques devolvidos por falta de fundos voltou a subir em 2014, segundo dados divulgados nesta quarta-feira (21) pela Serasa. Ao todo, foram devolvidos 15 milhões de cheques no ano passado, equivalente a 2,04% do total de cheques compensados.



É o maior patamar de devolução por falta de fundos desde 2009, quando a inadimplência com cheques atingiu 2,15%, em meio aos reflexos da crise financeira internacional. Houve alta, também, no percentual de cheques devolvidos em dezembro, na comparação com o mesmo mês do ano anterior: a taxa passou de 1,91% para 1,94%.


Segundo os economistas da Serasa Experian, a escalada da inflação e das taxas de juros no ano passado, aliadas à estagnação da atividade econômica, foram os fatores que impulsionaram a inadimplência com cheques no ano passado.


Estados
Apesar da alta no país, em São Paulo o percentual de cheques sem fundos ficou em 1,2%, o menor dos últimos cinco anos. Já Roraima liderou o ranking, com 11,14% de devoluções. Entre os estados com maior inadimplência em cheques aparecem também Amapá (10,69%), Sergipe (10,11%), Piauí (9,65%) e Maranhão (8,76%).

O dono da loja, que prefere não ser identificado, nega ter entregado um licenciamento falso para o casal, mas admite que vendeu o carro sem a documentação correta.

Fonte: g1.globo.com


Acesso Exclusivo do Cliente


Login:
Banner fatura